author avatar
    Gerente de serviços ao cliente da América do Sul
 

Resumo

Após a compra de um novo disco rígido, é necessário inicializar o disco rígido antes do uso. Mas qual formato de tabela de partição podemos escolher? Este artigo mostra a diferença entre MBR e GPT e também o método de transferência do sistema Windows para o novo disco rígido de maneira simples e rápida.



O que é MBR ou GPT?

O formato MBR e o formato GPT são as tabelas de partição usadas para inicializar o sistema operacional. Antes de instalar o sistema no disco rígido não inicializado, é essencial formatar e inicializar o disco rígido no formato MBR ou GPT. Várias tabelas de partição significam a maneira de estabelecer dados na partição. Para o sistema Windows, usamos o formato MBR e o formato GPT. Mas você sabe as diferenças entre essas duas tabelas de partição? Descubra-os no artigo abaixo.
MBR ou GPT

O que é MBR?

O MBR (Master Boot Record) é o primeiro setor físico de um disco. Este setor contém o carregador de inicialização do sistema instalado e as informações da tabela de partição no disco. Para a inicialização do Windows, este é um código de inicialização. Se as informações de inicialização do MBR estiverem danificadas, o Windows não poderá ser iniciado. Quando o sistema inicia num disco rígido de MBR, o BIOS da placa-mãe inicia primeiramente. Em seguida, o BIOS carrega o MBR, que inicia o sistema Windows. Este é o processo de iniciar o Windows no disco rígido de MBR. No entanto, o formato MBR suporta apenas um disco rígido com máxima capacidade de armazenamento de 2 TB. Para capacidade superior a 2 TB, ele fica indisponível. Além disso, o MBR suporta apenas quatro partições no disco rígido.

O que é GPT?

Ao substituir o MBR, a GPT (GUID Partition Table) é um novo padrão para a tabela de partição de um disco. Ao contrário do MBR, o GPT não tem limite no disco rígido com máxima capacidade de armazenamento de 2 TB e no número de partições.  Além disso, o GPT não salva os dados de inicialização em um único local. Isso tornará os dados mais seguros.

MBR ou GPT, qual deve escolher?

Ao instalar o sistema operacional, você é solicitado a escolher o MBR ou GPT. Aqui nós damos algumas dicas.
1. Se a capacidade do seu disco rígido for maior que 2 TB, é recomendável inicializar o disco rígido no GPT para usar todas as capacidades de armazenamento.
2. Caso a placa-mãe do seu computador esteja com os modelos mais recentes e suporte o firmware UEFI, é recomendável escolher a GPT.
3. Se você estiver usando a versão antiga do BIOS numa placa-mãe antiga, é recomendável escolher o MBR. Porque o BIOS antigo não suporta volume GPT.

Como configurar o formato de tabela de partição do disco rígido?

Durante a instalação do sistema no novo disco rígido, você pode configurar o formato de tabela de partição GPT / MBR através de comandos, consulte os passos embaixo:
1. Na interface de instalação do Windows, clique em “Shift+F10″ para entrar em CMD.
instalar o Windows
2. Digite “diskpart” e pressione “Enter” para ativar programa de gestor de partição.
3. Digite “list disk” e pressione “Enter” para ver todos os discos do computador.
ver todos os discos rígidos no computador
4. Digite “select disk x (x significa a letra de disco rígido de destino)” e pressione “Enter”.
5. Digite “clean” e pressione “Enter”. Lembra que este operação limpe todos os dados no disco rígido.
Limpar todos os dados
6. Digite “convert gpt” ou “convert mbr”. De acordo com sua necessidade, digite o comando.
converter para MBR ou GPT

Como migrar perfeitamente sistema?

Após a inicialização do novo disco rígido e a definição da tabela de partição, os dados podem ser transferidos da unidade do sistema para o novo disco rígido. Nesse caso, é necessário usar o software profissional de backup ou migração, Renee Becca. Alguns softwares de transferência do Windows não migram os dados de inicialização durante a transferência. Portanto, após a transferência do Windows, o PC não pode inicializar a partir do novo disco rígido. Você tem de reinstalar o sistema Windows. No entanto, Renee Becca suporta a clonagem de todos os dados no disco rígido MBR ou GPT, incluindo o sistema Windows, programas instalados, configurações do Windows e dados de inicialização. Portanto, o computador pode inicializar a partir do novo disco rígido após transferir o Windows para um SSD ou HDD.

O que é Renee Becca?

Renee Becca é um software de clonagem de disco rígido projetado para clonar o disco rígido e migrar o sistema Windows. Além disso, possui funções para fazer backup do sistema Windows e dos dados do disco rígido.
Renee Becca - Migrar sistema para SSD de forma segura e rápida

Alinhamento automático 4K execute automaticamente alinhamento 4K para aumentar o desempenho de SSD quando migra sistema para SSD.

Suporta GPT e MBR Ao migrar sistema, corresponda automaticamente o formato de partição apropriado para o SSD.

Suporta NTFS e FAT32 pode migrar formatos diferentes de sistema de arquivo com uma etapa.

Velocidade de beckup rápida a velocidade de backup pode atingir 3,000MB/mim.

Solução de backup abrangente suporta migração de sistema/backup de sistema/backup de partição/backup de disco rígido/backup de arquivo/clone de disco rígido.

Alinhamento automático 4K aumenta o desempenho de SSD

Suporta GPT e MBR corresponda automaticamente o formato de partição

Suporta NTFS e FAT32 pode migrar o sistema de arquivo diferente

Baixar GrátisBaixar Grátis 800 pessoas baixaram!

PASSOS

1. Escolha “Clonar” e clique em “Migração de sistema / System redeploy”.
clique na função Migração de Sistema
2.Na interface, escolha o disco de sistema de Windows e escolha o SSD, e clique em “Migrar” para começar a migração.
Selecione o local
3. Após a migração, escolha SSD como o disco de inicialização no BIOS na próxima vez de inicialização.
iniciar a partir de SSD
Loading comments...